FIGO
 

seja bem-vindo. 

Inaugurado há 6 anos, na Vila Nova Conceição, o restaurante FIGO, de Maria Fernanda La Regina, apresenta uma cozinha contemporânea que privilegia ingredientes frescos e sazonais. O ambiente é moderno e leve, com uma clara varanda na entrada, sofás feitos em tecido pet e móveis de madeira vindos da Bahia. Lâmpadas vintage dão clima intimista ao salão e no segundo andar, onde há um espaço delicioso para festas fechadas.

O cardápio que representa o conceito de slow & fresh food, é dividido em quatro partes; “para compartilhar”, que apresenta opções de entradas para compartilhar com os amigos, como por exemplo, a exótica e deliciosa couve flor gratinada com parmesão vegano que é acompanhada por tahine e vinagrete; “lighter”, que são as opções de saladas e sanduíches leves do cardápio; “bolder”, que apresenta a seleção de pratos quentes principais; e por fim, “adoçar sem culpa”, que reúne as sobremesas leves e deliciosas, elaboradas para não “pesarem” na consciência dos clientes. 

No segundo andar do restaurante, há um charmoso espaço para festas fechadas e eventos. Com diferenciais como uma cozinha aberta, de onde se veem todos os passos de preparo do chef. A grande mesa de madeira tatajuba, produzida artesanalmente pelo designer Germano Utsch, na Bahia, é o destaque do espaço com mais de 200m². O salão de eventos conta ainda com uma varanda, com vista para o arborizado e tranquilo bairro, com um clima de vila. “É uma cozinha descomplicada, boa comida, bons ingredientes. Leve, cordial, multicultural. Com base brasileira e pitadas francesas e asiáticas, além de ter um espaço diferenciado para eventos corporativos, sociais e menus-degustação”, explica Maria Fernanda La Regina, proprietária. A aconchegante trilha sonora do Figo é composta de clássicos e novidades da música popular brasileira.